Crédito Microempresas

         Quem é empresário sabe o quão difícil é manter os negócios, conseguir crédito para microempresas também é algo que dá um pouco de trabalho. No Brasil, a principal e mais conhecida maneira de se adquirir algum valor é pelo banco BNDES. Quase todos os bancos possuem linhas de crédito voltadas ao microempresário, mas as condições do primeiro são as mais atrativas.

         O microcrédito é umas das opções que oferece menos burocracia ao empresário, apesar de seguir “regras básicas” como não ter o nome em órgãos de proteção ao crédito e ter residência fixa na cidade em que o empréstimo é concedido. Os juros do crédito para microempresas são limitados a 12% ao ano, apesar de que podem ter outras taxas inclusas. Organizações não governamentais, órgãos públicos e associações sem fins lucrativos são os que mais procuram o microcrédito. Os valores emprestados podem ser de R$ 200 a R$ 10 mil.

         O crédito para microempresas pode ser adquiro pelo BNDES por um dos seguintes serviços: Cartão BNDES, Finame, BNDES Automático e Apoio à Exportação. As linhas de financiamento enquadradas são: investimento fixo, capital de giro associado e aquisição de bens de capital; aquisição de ônibus urbanos integrados; aquisição de ônibus rodoviários; aquisição de ônibus urbanos em sistemas não-integrados; fabricação de equipamentos e sistemas; operações de leasing de bens de capital sem rodas; operações de leasing de bens de capital com rodas; importação de equipamentos; exportação, operações de pré e pós embarque.

         Para mais informações de como conseguir o crédito acesse www.bndes.gov.br. Importante ter um planejamento seguro para qual fim o dinheiro terá, se para capital de giro ou de risco, por exemplo.

 

Fontes:
http://empresasefinancas.hsw.uol.com.br/credito-pequenas-empresas.htm
http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Navegacao_Suplementar/Perfil/Micro_Pequena_e_Media_Empresa_e_Pessoa_Fisica/

 

Deixe um comentário